Mulher viajante e livre

Artigo do blog Mulheres Que Viajam Sozinhas 
Por Luciane Leal

A mulher viajante é livre.  Mas essa liberdade só acontece depois de muito desprendimento. Principalmente quando o assunto é a opinião dos outros. Desprender-se da opinião dos outros é um exercício que começa no dia a dia, ao lidar com as situações do cotidiano mesmo… muito antes de se pensar em viajar.
A mulher foi sempre acostumada a escutar muito sobre uma suposta fragilidade e doçura. Crescemos ouvindo que a mulher deve ser doce. E acabamos logo associando a fragilidade à doçura ou vice versa. A mulher pode ser doce, o que não necessariamente quer dizer que ela seja frágil. 
É claro que esta ideia de fragilidade é um processo inconsciente. Por mais que nos consideremos bem resolvidas, antenadas e modernas, nossas decisões em sociedade ainda são muito pautadas pelo o que os outros vão pensar.  Ao menos para a grande maioria das mulheres  ainda é assim, mesmo quando mais velhas. Sem perceber, quando se dão conta, estão levando em consideração os modelos de comportamento “aceitáveis”.

Só para dar um exemplo do que ainda acontece. Eu sempre gostei muito de me sentar sozinha para beber e comer em um barzinho. Sempre fiz isso, e nunca tive nenhuma intensão em ir a um bar sozinha para paquerar, por exemplo. Nada contra obviamente, mas pra mim sempre foi muito difícil associar o passeio noturno ou a “balada” com a possibilidade de dali sair um relacionamento com alguém. Então definitivamente, essa nunca foi minha intensão. Mas a grande maioria acaba pensando assim quando vê uma mulher sozinha na noite, não é mesmo? Um pensamento dentro da caixa.

Me recordo como algumas pessoas me olhavam e olham até hoje. Principalmente agora, após os 40. A pena é uma das feições mais divertidas de se ver (hoje me divirto, mas já me irritei muito com isso). Uma mulher aos 40 sozinha na noite é prato cheio para os estigmas que fofoqueiros ou quem se preocupa muito com a vida do outro adora. “Coitada. A coroa solitária procurando companhia”. Sério! As pessoas olham com pena, supondo solidão e infelicidade certa, e sem nenhum elemento concreto de fato para deduzir isso.
Outras pessoas simplesmente se apegam aos julgamentos morais simplórios e implacáveis do tipo “que feio uma mulher sentada sozinha em um bar”. É inacreditável que isso ainda aconteça em pleno século XXI. Nossa sociedade ainda tem muita dificuldade em pensar fora da caixa.  
O fato é que como desde muito nova tenho uma necessidade de independência à flor da pele e um espírito que chega a adorar a liberdade, acabei sempre batendo de frente com esse tipo de modelo de comportamento. Chegava a ter a crença de que isso seria mesmo o meu grande desafio na vida. Mudar a cabeça das pessoas que pensam dentro do quadrado, principalmente quando o assunto é a liberdade da mulher.

Esse perfil quando eu era mais jovem foi muito bom para que eu conseguisse perder o medo de encarar uma viagem sozinha. A ideia do desafio, a necessidade de provar para todo mundo que uma mulher pode fazer o que bem entender foi o que me levou à minha primeira viagem solo para a Inglaterra e França, aos 20 anos. Depois disso, não parei mais.

É claro que hoje, com 41 anos de idade, não faz a menor diferença na minha vida provar nada para ninguém. Essa necessidade ficou lá atrás, no início da fase adulta. Foi muito importante para me tornar quem sou hoje. Faz parte do processo de aprendizado e amadurecimento. E não tenho nenhuma vergonha em dizer isso. Mas ficou pra trás. O que me interessa hoje, em qualquer coisa que decida fazer na minha vida é a experiência. E não há nada mais estimulante e enriquecedor do que a experiência que advém de uma viagem solo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Absolue Eye Premium

Absolue Eye Premium
R$ 210 (nas lojas R$ 340)
Os laboratórios Lancôme apresentam um novo padrão em anti-idade: cuidados intensivos que suavizam e renovam a jovialidade da área em onde os efeitos dos movimentos faciais diários ficam mais evidentes: o contorno dos olhos. Este creme combina 2 descobertas avançadas: o Pro-Xylane, uma fórmula patenteada que ajuda restaurar a textura natural da pele ; e o Bio-Network, que traz elementos naturais como soja e algas marinhas, para um visual mais jovem. Imediatamente, você percebe a luminosidade em volta dos olhos e a área fica instensamente hidratada. Depois de 4 semanas, você vê a redução nas linhas de expressão e sente a sua pele mais firme.
 

  ©Template by [ Ferramentas Blog ].

Voltar ao TOPO